segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Entre o bem e o mal...

Segunda, mais uma de várias que passou, mais uma de muitas que virá... Então, e o final de semana? Aff, mais um, mas da pra dizer que foi bom, DIFERENTE, com visita, passeio, e uma colherinha de chá de alegria, mas não muito, que é pra não estragar a receita original de um ser deprimido.... Sabe, me acho estranho, muito estranho digasse de passagem, pois hoje eu acordei lah pelas 10 da manhã, olhei pela janela, um sol lindo, maravilhoso, afinal passei o final de semana inteiro com chuva, então se o Sol aparece óbvio que irá contagiar. Meus olhos brilharam de alegria, SOL... e um belo BOM DIA... mas a hora foi passando, e o sol que me iluminava de alegria ia saindo a "francesa", discretamente pra ninguém notar, e junto foi levando meu sorriso, conforme o sol saia, meu sorriso murchava, e mais uma vez, me encontro confuso entre o que eu sinto ou o que eu nao sinto... Estou bem? Estou mal? Não na verdade eu acho que estou com preguiça, com sono, cansado... Cansado? de que? Tah ai a pergunta, nem eu mesmo sei, soh sei que me vejo ultimamente sempre assim, alegre, e em segundos uma tempestade de tristezas desaba na minha cabeça, com raios de infelicidade, e uma densa chuva de lágrimas... ai meu Deus, como eu reclamo, mas não adianta... Bom vou sobrevivendo por aqui, esperando que novamente o sol surja, pra junto me trazer algumas horas de alegria...

Ótima semana a TODOS...

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Vida....

Quanto tempo ainda vai demorar pra tudo isso passar??? Deveriamos nascer pré-programados com nossos sentimentos, e o sistema deveria funcionar sempre na posição "BOM HUMOR", mas não, infelismente a vida não eh tão fácil assim. Somos obrigados a sentir dor, a chorar e derramar nossas lágrimas involuntariamente, mas de que adianta??? Mesmo depois de uma noite inteirinha chorando, ainda amanhecedo com o mesmo sentimento, a única coisa que aconteceu foram as minhas lagrimas que desperdicei, teria sido muito mais vantajoso, se com as minhas lagrimas tivessem sido derramados os sentimentos tristes tb... mas nao adianta, a vida é uma roda gigante, onde sempre temos nossos altos e baixos. Acho que minha vida apenas ta um tempo enferrujada, por isso ela parou em baixo e não subiu mais... Bom, na próxima vida, espero que minha programação seje outra, e que nao precise sofrer tanto, ou que pelos nessa mesmo, ela resolva melhorar, mesmo que seja soh um pouquinho....

quinta-feira, 30 de julho de 2009

O mal do século


Meu sorriso, jah nao cobre mais o meu disfarce, ele encolhe a cada dia, fazendo com que meu rosto triste apareça.... Não sou o primeiro, nem o unico e muito menos o ultimo a sentir isso. Nao importa como amanheça o dia, pouco me importa o sol, e os pássaros cantando, pouco me importa se a vida eh bela.... Pra mim, o dia nunca amanhece bem, as flores no meu caminho murcharam, a água secou, e nada mais me trás alegria de antes.... Como eu envelhci, mesmo sendo novo de idade, minha mente envelhece a cada dia... Meus pensamentos de antes, minha alegria em ver o dia, jah não sei mais o que é isso.... Por mim eu nao precisava acordar pra ver o dia, afinal pra que sol, se ele nao brilha pra mim.... A minha tempestade eh longa... e cada dia que passa as nuvens se acumulam mais e mais....

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Quem ja nao viveu na solidão??? Hj nao vou postar imagem, pois nenhuma imagem define o que realmente se passa comigo. Nem a mais escura imagem, consegue definir o meu tamanho vazio, que nem eu mesmo entendo, apenas procundo uma saida, mas me vejo em mil portas, e quanto mais em duvida mais portas surgem, o jeito eh permanecer no corredor, pelo menos permaneço quieto com a minha duvida. E agora??? Q porta abrir??? Tenho medo do que posso encontrar atrás de qualquer porta, será outro corredor? Será apenas uma sala vazia? Será que lah eu encontro meu verdadeiro sentido pra vida???? Não, melhor ficar onde estou, do que correr o risco de abrir a porta, entrar e ela se fechar por fora.... Triste corredor que nao tem fim nunca. Ateh quando??? Ateh quando vou ter que caminhar, nesse caminho que me deixa cada vez mais triste... Será que esse corredor vai ter fim um dia??? Espero que sim, pois nao sei ateh quando vou pode caminhar, pois minhas pernas a muito tempo doem....

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Amor - Chegadas e Partidas.


Muitas vezes, se quer notamos o quanto somos iguais, nascemos, somos amamentados, crescemos, mesmo que não seja no nosso próprio lar, mas crescemos iguais como todo mundo, todos temos as mesmas chances, podemos crescer nos desenvolver, enfim somos todos iguais. Bom, um exemplo disso é o tal de amor.... uma palavrinha tão pequena e simples que muitas vez não notamos a importância que ela tem. Me diga, quem já não sofreu por um amor, ou ainda sofre? Nessa parte principalmente somos iguais, porque muitas vezes nossos sentimentos se tornam confusos perante ao amor, sofremos porque não somos quistos, sofremos por gostar de quem não devemos, sofremos por achar que o amor é errado. O amor nos prega peças, inúmeras em nossas vidas, coloca a gente em situações muitas vezes ridículas, que na hora nem notamos, mas viramos alvo das pessoas que nos vêem, e só no futuro nos damos conta dos erros que cometemos. Essa já é a parte da cegueira, onde colocamos nossas vendas, e só tiramos para aquilo que queremos enxergar. Não estou dizendo que amar é ruim, pelo contrário, amar é ótimo, afinal o que nós move além da vida é o amor, principalmente nosso amor próprio. Amor próprio? Como assim amor próprio, se quando amo alguém muitas vezes esqueço de mim mesmo? Não esquecemos da gente, mas nosso amor as vezes é tão grande que muitas vezes não nos damos conta que amamos pelos dois, mas esse tipo de amor mesmo que sendo em tamanho exagerado não é o que move a vida de dois, pois quando deixamos de ter amor próprio, deixamos da nossa vida pra viver a outra. Nessa parte eu volto ao começo e digo que somos todos iguais, pois cheguei ao ponto em que todo mundo viveu um dia ou vai viver, o amor. Eu tive o meu, espero ter mais, pois o amor se transforma e vemos que o que passou foi bom, mas se não deu certo segue a luta, e vivesse o amor que nos resta que é o nosso próprio...



"Antes de amar alguém, ame a ti mesmo"

terça-feira, 21 de julho de 2009

A preguiça


Nesses ultimos dias, a preguiça tem tomado conta da minha vida, ja acordo com vontade de dormir de novo, como com preguiça de mastigar, tomo banho com preguiça de me secar.... ohhh triste vida, em que me falta a vontade de tudo, mas nao deixo da vontade de viver. Porque que a gente tem q ter preguiça, afinal, se acordamos eh pq somos motivamos instintivamente a acordar, mas como podemos ja acordar com vontade de nao fazer nada. Não sei, soh sei que ja ta me dando preguiça de escrever mais, entao vou ficando por aki mesmo.... Boa semaninha pra todos. ;D

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Embalagem Humana


Bom, quem ja nao se sentiu como um produto numa estante, onde todos passam, te avaliam pela sua embalgem, dizendo que você é assim, que você é assado. Muitas vezes somos pré definidos, por meros desconhecidos, fazem propagandas como se fossemos um produto, se sequer sabermos que esse tal "marketeiro" existe. Isso geralmente se dá, aos desocupados de plantão, e digasse de passagem que se essa fosse uma formação, essa área de trabalho ja estaria saturada, pois gente pronta pra esta vaga é o que nao falta. Muitas vezes você acaba sabendo, que a prima da vizinha da sua colega, que mora sabe se la onde, e que ser tem nome, pois apenas é definidia como a prima da vizinha da colega sabe que você fez ontem a noite, sendo que muitas vezes nem a gente mesmo lembra o que comeu a dois dias atrás. Acabamos nos tornando importante, mas não por nosso próprio mérito, ou por algo extraordinário, mas sim, por algo banal que terceiros tenham dando importancia, que na maioria das vezes desnecessárias. Vamos fazer um trato? Quando resolveres comentar da vida de alguém, primeiro você vai até o alto do armário da cozinha, passa o dedo e vê quantos milimitros e pó tem lá em cima??? "Tem muitoooo", então ao invés de querer se desocupar com algo que não tem importancia, procure ocupar a cabeça com outras, afinal se te sobra tempo pra cuidar da minha vida, lhe sobra mais ainda pra cuidar da sua própria....

terça-feira, 14 de julho de 2009

Saudade e suas técnologias


Alguém se lembra como era bom receber cartas?? O sentimento que havia dentro de um envelope, em que o remetente passava um bom tempo pensando e escrevendo até chegar ao seu destinatário. Hoje a saudade esta tão técnologica, que já não damos mais a importancia nas palavras. Esta tudo tão fácil que não da tempo de sentir saudade, aquela saudade em que você fica ancioso em receber uma resposta de uma pergunta que foi enviada a alguns dias. Utilizamos de todas as técnologias, afinal se estão ali é pra serem usadas, mas é tudo tão fácil, nos contentamos com mensagens curtas, breves e totalmente abreviadas, como se o que estivessemos mandando nao tivesse importancia nenhuma. Nao pensem que estou reclamando, afinal também utilizo disso, mas porque nao usar de uma forma moderada? Porque nao escrever uma carta a uma pessoa realmente importante, pois quando escrevemos estamos colocando ali nossos sentimentos mais profundos, e escritas de próprio punho, o que torna ainda melhor. Eu mesmo sou um escritor nato, pois alem de ter criado um blog, ainda tenho um caderno com páginas e páginas de pensamentos, e não me canso de todas as noites estar deitado pensando no dia, e quando menos espero a idéia surge e prontamente com caneta e meu caderno expresso tudo que vem na cabeça. Bom, pense nisso, e escreva pra alguém realmente importante, claro, esperando a resposta via correios da mesma forma, afinal escrever é tao bom quanto receber. E nao economize nas páginas, pois palavras quando escritas com gosto são espontâneas como numa conversa. A saudade escrita com a própria mão é muito mais emocionante....


Ps: Quem quiser escrever pra mim, é soh pedir o endereço rsrsrsrsrsrs

domingo, 12 de julho de 2009

O valor da perda....


Alguém ja se arrependeu amargamente quando perdeu alguem em especial? Pois bem, esse é o arrependimento, que geralmente vem quando deixamos de valorizar alguem que perdemos. Na hora em que temos a pessoa ao nosso lado, mtas vezes se quer notamos o quanto é importante. Mtas vezes nos privamos de dizer um EU TE AMO, dar um abraço carinhoso, ou apenas dizer quanto essa pessoa é especial. Mas isso é algo que devemos trabalhar na gente mesmo, afinal, depois de perder nao adianta lamentar, nao adiantar chorar pelo que nao foi feito. Pense nisso, afinal se esta com quem se gosta, desmonstre mesmo que poucas vezes, nos pequenos detalhes é que esta a felicidade. Nao deixe de dizer que ama ou que pelo menos gosta, afinal essa pode ser a ultima oportunidade.....

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Crise das Idades...


Quem ja nao sofreu uma crise de idade? Desde que nos entedemos por gente vivemos essas crises.... Começamos com a crise de idade na infancia, achamos que tudo é maravilhoso, que nosso dia nunca é ruim, que basta nos deixarem brincar para o dia ser todo perfeito, mas quando chegamos na época de escola vimos que nada disso é facil, começamos a ter responsabilidades, temos hora de estudar, hora de comer, hora de brincar, hora de fazer tarefas de escola, nesse ponto ja começamos a querer que tudo seja como antes, não queremos obrigações nem horários, apenas brincar, se divertir o dia inteiro, só paramos quando é noite e cansaço nos vence.

Logo depois vem a crise da adolescencia, onde achamos que ja somos maduros o suficiente, que nossos pais sempre estao cobrando coisas descabiveis, já queremos ir a danceteria sozinho, pois nosso sonho de consumo é poder andar a noite pelas festas, preferencialmente desacompanhados de qualquer adulto. Só vamos nos dar conta quando a maioridade chega, e ai continua a crise, "ai meus 15 anos", em que eu nao tinha que trabalhar, que nao tinha o que pagar, que quem tinha obrigação comigo mesmo era apenas meus pais. Bom eu to vivendo a crise dos 23, me acho velho pra algumas coisas, e muito inexperiente pra outras... E agora meu deus... "ai meus 15 anos" soh laments, agora é aprender, ate chegar a crise de meia idade... Hiii meu deus, em que idade é a crise da meia idade? Bom quando eu chegar la eu posto, e com certeza, minha cabeça vai ser diferente de agora, onde o que eu acho que errei pode ser certo, e o que eu acertei pode ser errado... mas é o jogo da vida, soh vivendo pra saber...

sexta-feira, 12 de junho de 2009


video